• Responder à Questão
Ver todas as Questões

Trienal de Arquitectura de Lisboa
12 Set – 15 Dez 2013

Close, Closer é uma série de exposições e programas públicos que desafia e questiona o papel do arquiteto na sociedade contemporânea. Estamos a lançar uma discussão em torno desta paisagem em rápida transformação e o teu input é crucial. Como podemos aproximar-nos? Agora é contigo.


Ler o booklet de lançamento de Close, Closer

SUBMETER

Fórum Novos Públicos

Na vida real tal como no teatro, representar é um pré-requisito. E no entanto, a liberdade criativa que advém de representar num palco é de alguma forma minimizada quando a ação decorre na vida real. É esta condição de ficção -  a leitura de uma representação dramática como um momento desligado da realidade – que permite às experiências teatrais serem radicalmente inovadoras. Mas se por um lado entendemos que o teatro é tão real quando a vida, e se reconhecemos que a linguagem que usa para comunicar – visualmente, auditivamente, emocionalmente – com a audiência, é a mesma linguagem que usamos para nos entendermos na realidade, então porque razão não é a vida real o palco onde representamos os nossos desejos?

O que aconteceria se, de repente, um palco público da vida real fosse revelado nas nossas cidades? O que aconteceria se recontextualizássemos a realidade controlada do espaço público num site teatral de troca onde pudéssemos, coletivamente, representar as nossas aspirações? A ficção tornar-se-ia vida real e vice-versa?

Fórum Novos Públicos convida todas as audiências a juntar-se nesta plataforma cívica e serem atores da cidade que imaginam. Este programa público experimental vai apresentar uma série de Atos que se realizam no Palco Cívico, projetado por Frida Escobedo, de 12 de Setembro a 10 de Novembro de 2013.

Os Atos

  • Atos de Discurso

    Os Atos de Discurso consistem em discursos públicos com a duração de uma hora por uma série de políticos, filósofos, ativistas, artistas, arquitetos e urbanistas. Realizados em colaboração com atores profissionais, vão desencadear novas dinâmicas cénicas entre oradores e audiência para discutir, participar e gerar coletivamente novas ideias e leituras de lugar.  A ter lugar no Palco Cívico, todos os oradores irão abordar diferentes temáticas cívicas, com o objetivo de chegar a um público mais vasto e diversificado, sublinhando o poder da voz como uma ferramenta de ativação para criar espaços cívivos.
    Atos de discurso por: Fernando García-Dory, Noura Al Sayeh, Pelin Tan, Unipop, Victoria Bugge Øye. A inaugurar o programa Fórum Novos Públicos terá lugar uma sessão pública em que todos os candidatos à presidência da Câmara de Lisboa apresentam as suas propostas para a cidade.

  • Atos Corporais

    Tratam-se de projetos performativos comissionados e concebidos especificamente para Fórum Novos Públicos e que terão lugar no palco e à sua volta. Explorando o uso performativo do corpo e presença física do indivíduo no espaço público, os Atos Corporais surgem como comentários a políticas socialmente exclusivas no ambiente urbano. Estas performances encorajam o uso da expressão corporal, realçando a forma como simples gestos e ações podem transformar as dinâmicas do espaço público.
    A artista chilena Francisca Benítez apresenta Discurso Visível / Visible Speech e o estúdio espanhol Estudio [SIC] vai desenvolver Civic Swing durante a semana inaugural de Close, Closer.

  • Atos Urbanos

    Os Atos Urbanos são três iniciativas de longa-duração que abordam o doméstico, o social e o espaço público.  Desenvolvidos segundo uma metodologia semelhante à dos projetos etnográficos, situam o diálogo e o trabalho de campo consistentes como vetores principais de criação de espaços cívicos diversificados e dinâmicos.
    O sucesso das três iniciativas depende do apoio da comunidade, demonstrando o poder dos indivíduos a trabalharem em conjunto. Todos os projetos serão lançados oficialmente durante as datas de abertura de Close, Closer (12–15 de Setembro) e continuarão a decorrer durante todo o programa do Fórum Novos Públicos, acolhendo diversas atividades e estratégias de envolvimento com um público diversificado.
    Participantes: Artéria (PT), Daniel Fernández Pascual (ES), Unipop (PT)

  • Teatro Público

    SUPERPOWERS OF TEN é uma reencenação, uma versão e uma reinterpretação do icónico Powers of Ten, realizado em 1968 por Charles e Ray Eames. Powers of Ten representa uma parte importante do contexto cultural em que vivemos, e esta nova versão ao vivo pretende celebrar a dificuldade de habitar o interior e o exterior do enquadramento, recuperando as narrativas perdidas algures entre a ampliação e a redução da câmara. Esta peça original escrita pelo arquiteto Andrés Jaque / Office for Political Innovation contextualiza esta história no discurso contemporâneo ao evidenciar a complexidade inscrita nos sistemas globais. Esta poderosa peça será encenada três vezes durante a semana inaugural de Close, Closer. Neste ato em particular, a cidade funciona como o palco enquanto a audiência observa a partir do Palco Cívico.

  • Palco Aberto

    O programa Palco Aberto vai servir de plataforma pública que visitantes, transeuntes e todos os lisboetas são convidados a usar. Durante este período, Sessões de Domingo serão organizadas regularmente, bem como horas de microfone aberto, em colaboração com participantes locais.